Colaboradores do Sector Público e do Sector Privado

 

Colaboradores do Sector Público

O estudo realizado aos Colaboradores do Sector Público na Região Autónoma da Madeira permitiu construir um modelo explicativo da Satisfação do Colaborador.

O modelo de satisfação apresenta um coeficiente de determinação de 0,78 e os resultados obtidos revelam uma Satisfação ligeiramente positiva dos colaboradores (valores entre 60 e 80 pontos percentuais) com a organização onde trabalham na Região Autónoma da Madeira (60,4 pontos percentuais).

Considerando as prioridades do sector público na Região Autónoma da Madeira, resultantes do modelo, no conjunto dos índices de Satisfação, Lealdade e Envolvimento, as dimensões que evidenciam uma maior prioridade de actuação são o Contexto Organizacional, as Relações com as Chefias, a Mudança e Inovação e a Qualidade.

Distância ONRH - Impactos

Uma análise do comportamento dos colaboradores do sector público, nos diversos indicadores associados a cada uma das dimensões, permite evidenciar como indicadores de actuação prioritária os seguintes:

  • Contexto Organizacional:

- Satisfação com actividades desportivas, culturais e de convívio promovidas

pela organização

  • Relação com as Chefias:

- Preocupação e envolvimento dos Directores e da Administração com os colaboradores da organização

  • Mudança e Inovação:

- Sentimento de que trabalho numa organização inovadora e em permanente melhoria

  • Qualidade:

- Eficácia no modo como a organização obtém e mede as opiniões dos clientes/utentes

A análise da Satisfação permite verificar que os colaboradores do Funchal e com responsabilidade de chefia apresentam índices mais altos de satisfação. Os colaboradores com idade entre 36 e 45 anos e com o 2º Ciclo de Ensino Básico destacam-se com índices de Satisfação mais altos. Considerando a antiguidade na organização, os colaboradores há mais de 11 anos e menos de 20 anos apresentam o índice mais elevado.

Gráfico1

Gráfico2

Colaboradores do Sector Privado

O estudo realizado aos Colaboradores do Sector Privado na Região Autónoma da Madeira permitiu construir um modelo explicativo da Satisfação do Colaborador.

O modelo de satisfação apresenta um coeficiente de determinação de 0,77 e os resultados obtidos revelam uma Satisfação neutral dos colaboradores (valores entre 40 e 60 pontos percentuais) com a organização onde trabalham na Região Autónoma da Madeira (59,7 pontos percentuais).

Relativamente às prioridades resultantes do modelo, no conjunto dos índices de Satisfação, Lealdade e Envolvimento da Região Autónoma da Madeira no sector privado, as dimensões que requerem uma maior prioridade de actuação são o Contexto Organizacional, as Relações com Chefias, a Qualidade e o Reconhecimento e Recompensa.

Distância ao máximo do ONRH - Impactos

Uma análise do comportamento dos colaboradores do sector privado, nos diversos indicadores associados a cada uma das dimensões, permite evidenciar como indicadores de actuação prioritária os seguintes:

  • Contexto Organizacional:

- Satisfação com actividades desportivas, culturais e de convívio promovidas pela organização

  • Relações com as Chefias:

- Preocupação e envolvimento dos Directores e da Administração com os colaboradores da organização

  • Qualidade:

- Eficácia no modo como a organização obtém e mede as opiniões dos clientes/utentes

  • Reconhecimento e Recompensa:

- Satisfação com regalias e benefícios concedidos pela organização

Em relação à Satisfação, verifica-se que os índices mais altos são atribuídos pelos colaboradores da Ilha da Madeira (excepto Funchal) e pelos colaboradores com mais de 55 anos, assim como, pelos colaboradores que estão na organização há mais de 30 anos, com habilitações literárias até ao 1º Ciclo do Ensino Básico, e com responsabilidade de chefia.

Gráfico1

Gráfico2

Índice Agregado de Satisfação

Em termos globais, a dimensão da Satisfação atinge na Região Autónoma da Madeira os 59,9 pontos, para o conjunto dos colaboradores do sector privado e público.

Satisfação


Consulte ainda a Avaliação da Satisfação dos Colaboradores dos Sectores Público e Privado

Voltar ao topo
Pesquisa avançada
 
Pesquisar
Pesquisa avançada

Desenvolvido pela Arkikstudio