Análise Global

Nas páginas seguintes faz-se uma análise transversal aos sectores da Administração Pública, Comércio e Restauração, Educação, Saúde, e Turismo. Estes estudos foram construídos através de uma metodologia semelhante, tendo-se procurado dentro do possível a maior similaridade entre os respectivos modelos de Satisfação.

Esta análise permite fazer uma leitura mais global das percepções dos residentes ou turistas, nomeadamente ao evidenciar algumas diferenças para cada sub população, só possíveis através da comparação de diferentes realidades.

Uma análise centrada nas dimensões resultantes dos modelos de satisfação dos residentes ou turistas permite verificar que na generalidade o Comércio e Restauração obtém os piores resultados nas várias dimensões, com excepção das Reclamações e da Lealdade.

Por oposição, o Turismo obtém os melhores resultados na maioria das dimensões. As excepções ocorrem na Imagem, onde a Educação tem o índice mais elevado, nas Reclamações, onde o Comércio e Restauração obtém o melhor resultado, e na Satisfação e Lealdade, onde a Saúde ocupa a posição de maior relevo.

Gráfico

No quadro seguinte, apresentam-se os valores médios da Satisfação para cada sub população, assim como a diferença do valor de cada sub população em relação ao valor médio global de Satisfação do sector. Os valores assinalados a verde e vermelho evidenciam os índices que divergem substancialmente da média dos sectores.

Tabela

Nota: Na Educação o nível de instrução do entrevistado diz respeito, unicamente, aos pais que responderam ao inquérito.

Da análise aos cinco sectores em confronto, é de realçar o seguinte:

  • na Administração Pública são as pessoas com 65 ou mais anos de idade que têm um nível de satisfação elevado tendo em conta o índice de satisfação global com os serviços públicos. Já as pessoas com o ensino médio ou superior e os reclamantes têm níveis de satisfação bastante inferiores;
  • no Comércio e Restauração destaca-se positivamente o valor da satisfação dos reclamantes, por contraste com as pessoas com 65 ou mais anos de idade e os residentes no Porto Santo;
  • na Educação o valor que mais se destaca são os alunos/pais entre os 25 e 44 anos de idade. Registam-se os valores de satisfação mais divergentes da média nas pessoas do sexo masculino, nos residentes do Porto Santo e nos reclamantes;
  • na Saúde apenas se destaca positivamente o nível de Satisfação dos residentes no Porto Santo, mostrando ser um dos sectores onde os residentes na ilha se encontram mais satisfeitos;
  • no Turismo os pontos de maior realce são os níveis de satisfação dos turistas com o ensino básico ou inferior, aqueles que fizeram a sua estadia no Funchal e os que reclamaram.

 Consulte ainda o Relatório Síntese e o  Relatório Global

Voltar ao topo
Pesquisa avançada
 
Pesquisar
Pesquisa avançada

Desenvolvido pela Arkikstudio