Índice de Qualidade de Vida na RAM

Qualidade de Vida

O conceito de Qualidade de Vida, embora não seja consensual, apresenta um conjunto de características que são partilhadas por muitos profissionais e investigadores, ao assumirem que a Qualidade de Vida é multidimensional, integrando dimensões objectivas e subjectivas. Este ponto é muito importante, pois, tal como acontece nos modelos de satisfação, a Qualidade de Vida é diferente de indivíduo para indivíduo e a sua percepção vai mudando à medida que certas necessidades são colmatadas ou novas vão surgindo. Assim, é de relevante interesse a medição, não só do número de escolas, hospitais, taxa de desemprego, etc., mas também da percepção que os cidadãos fazem da Qualidade de Vida. Em muitos casos, e a este respeito, as percepções das pessoas sobre a sua qualidade de vida são tão ou talvez mesmo mais importantes do que a realidade objectiva em que vivem.

Índice de Qualidade de Vida

O Índice de Qualidade de Vida da Região Autónoma da Madeira (IQVR) é baseado em 57 dos 100 indicadores que integram o Barómetro Regional da Qualidade, agrupados em 11 dimensões. Estes indicadores e dimensões foram definidos com base na análise e experiência de outros países e regiões na medição da Qualidade de Vida.

Este índice deverá estar aberto a reformulações futuras e a críticas sobre o seu conteúdo e estrutura, pois a Qualidade de Vida, como foi dito anteriormente, é um conceito mutável ao longo do tempo.

O IQVR traduz portanto uma perspectiva de análise e agregação da informação complementar das assumidas no Índice de Qualidade Regional (IQR).

Indicadores da Qualidade de Vida

Seguindo as melhores práticas disponíveis, na construção do IQVR foi adoptado um conjunto de critérios, de que se destacam:

  • Importância: O indicador mede um aspecto da qualidade de vida que um grupo significativo de pessoas da comunidade considera como importante em relação à visão da comunidade;
  • Relevância política: O indicador mede um aspecto da qualidade de vida da comunidade que necessita de ser alterado através de políticas ao nível da comunidade;
  • Interpretabilidade: O indicador mede um aspecto da qualidade de vida da comunidade dum modo que muitos cidadãos podem facilmente entender e interpretar em relação às suas próprias vidas;
  • Orientação para os resultados: Mede um resultado da resposta da comunidade ao desafio/problema da qualidade de vida mais do que os recursos utilizados na resposta;
  • Disponibilidade, estabilidade e fiabilidade: Os dados para o indicador encontram-se rapidamente disponíveis e são disponibilizados anualmente a partir de uma fonte credível;
  • Representatividade: Tomados em conjunto, os indicadores, dentro de cada subsector, cobrem todas as principais dimensões da qualidade de vida da comunidade.
Voltar ao topo
Pesquisa avançada
 
Pesquisar
Pesquisa avançada

Desenvolvido pela Arkikstudio